janeiro de 2021

Lewis Carroll

Lewis Carroll (1832-1898) foi um poeta, romancista e matemático inglês. É o autor de "Alice no país das maravilhas", obra que o consagrou internacionalmente. Foi um dos precursores da poesia de vanguarda.

Charles Lutwidge Dodgson, conhecido pelo pseudónimo Lewis Carroll, era filho de um pároco de província e nasceu no presbitério de Deresbury, Inglaterra, no dia 27 de janeiro de 1832. Estudou no Christ Church, na Universidade de Oxford, licenciando-se em 1854. Entre 1855 e 1888, lecionou na Universidade de Oxford, colaborando, também, em várias revistas literárias. Em 1861, foi nomeado diácono da Igreja Anglicana.

Os interesses múltiplos de Charles Lutwidge Dodgson / Lewis Carroll incluíam a lógica, a matemática, a poesia, a narrativa ficcional e a fotografia, da qual se tornou um mestre, conquanto amador.

Uma das modelos de suas fotografias foi Alice Liddell, filha de um amigo, o deão da Christ Church, a qual se tornou a heroína de sua obra mais famosa, “Alice no país das maravilhas” (1865), que foi um êxito de vendas e recebeu elogios da crítica.

Em 1872, publicou o seu segundo livro, uma continuação da história anterior, intitulada "Através do espelho e o que Alice encontrou lá", cujo o tema é uma partida de xadrez e os personagens são as peças do jogo. Esta obra  foi um novo sucesso.

Aparentemente destinados ao público infantil e tendo-se tornado Alice no país das maravilhas um clássico incontornável deste tipo de literatura, na verdade os seus livros ocultavam diversos e complexos dilemas, materializados na peculiar combinação de fantasia e absurdo, associados a incisivos paradoxos lógicos e matemáticos.

O livro de consagração de Lewis Carroll, "Alice no país das maravilhas", vive de personagens inspiradas em pessoas da sociedade e da aristocracia da Inglaterra sua contemporânea, havendo quem afirme que a rainha do “País das Maravilhas” seria a Rainha Vitória…

Sob o seu próprio nome -  Charles Lutwidge Dodgson - publicou "Um programa para um plano de geometria aplicada", "Euclides e seus rivais modernos" e "Matemática curiosa".

Sob o pseudónimo pelo qual ficou conhecido publicou, também, "Dinâmica de uma partícula", "Parques desertos" e "Belfry". Escreveu as poesias "O caçador de serpentes" e "Fantasmagoria" no qual introduziu uma forma original de verso que utilizava o sobrenatural e o absurdo como temas, estilo que foi imortalizado na "Canção do jardineiro maluco".

Lewis Carroll faleceu em Guildford, Surrey, Inglaterra, no dia 14 de janeiro de 1898.

Fonte: https://www.ebiografia.com/lewis_carroll/